Logo-Portal-merged.png

Informações para quem já consagra e também para quem quer conhecer

seta-branca.png

Curta nossa página no Facebook para acompanhar o dia a dia da produção e nossas viagens

 

O curta-metragem que produzimos com o Canal Futura já está no ar

Em breve serão os longas, não perca! 🌱

"Ayahuasca" (13 min ) no Canal Futura

 

Site.jpg

 

Nos ajude a produzir e divulgar filmes, programas de tv e palestras com informações responsáveis sobre a Ayahuasca.

Colabore

 

 

Quer mais informações sobre a Ayahuasca? Escolha as formas de se aprofundar:

 

1. Fórum Online para debates e informações sobre a Ayahuasca

Participe
 

2. Assista a Palestra "Ayahuasca, o Espírito da Floresta"

Assista

 

3. Área de Membros - Vídeos Online

Torne-se Membro

 

 

 

"Para nós, a medicina mais poderosa que existe é essa medicina"

Txana Ixa - Liderança Huni Kuin da tribo Altamira, Acre, Floresta Amazônica

 

Como funciona o Portal

O site tem áreas públicas e também para colaboradores. Na área para membros, está o conteúdo mais aprofundado sobre o uso da bebida.

 

São depoimentos em vídeo com pajés das tribos amazônicas, dirigentes de trabalhos em diferentes linhas que utilizam o sacramento, pesquisadores e cientistas, antropólogos, psiquiatras e psicólogos, além de pessoas que tomaram o chá e se dispuseram a compartilhar sua experiência. São entrevistas de brasileiros e de estrangeiros, contando em detalhes sua vivência com essa  medicina.

 

Para você ter acesso ao conteúdo mais aprofundado, é necessário fazer uma contribuição única, que será revertida para a manutenção do Portal e para a produção dos nossos filmes.

 

É uma coleção única de depoimentos para consulta e estudo fino, com esclarecimentos importantes sobre a Ayahuasca.

aya.png

Introdução à Ayahuasca

A Ayahuasca é uma medicina utilizada por indígenas da Amazônia para cura do corpo, mente e espírito.

Estudiosos dizem que a Ayahuasca chegou aos indígenas através dos Incas, que já a utilizavam há mais de 5 mil anos.

 

 

Existem mais de 40 nomes dados à Ayahuasca, por diferentes tribos. O nome Daime e Vegetal foram dados pelas linhas Santo Daime e  União do Vegetal (UDV), respectivamente. Essas linhas também utilizam o sacramento e abriram gradativamente, junto com a Barquinha, o uso da medicina nos grandes centros urbanos a partir da década de 30.

 

A Ayahuasca é composta basicamente de uma folha (Chacrona) e um cipó (Jagube), que após cozimento em água se transformam em um chá, num processo chamado de feitio. A Chacrona contém uma substância chamada DMT (Dimetiltriptamina), que abre nossa consciência para novas perspectivas da realidade, conforme já comprovado cientificamente. Já o Jagube contém a substância IMAO, que possibilita uma atuação mais prolongada do DMT no nosso organismo.

 

É importante salientar que estudiosos apontam que o DMT é produzido por nós, pela nossa glândula pineal, no momento de nosso nascimento e no momento de nossa morte.

 

A Ayahuasca também é chamada de "La Pequeña Muerte", porque causa gradualmente "mortes" de "Eus" que nós fabricamos, inconscientemente, para lidar com situações adversas que enfrentamos na vida em sociedade, onde temos que agradar e atender a "crenças" estabelecidas, que vão de encontro ao nosso "Eu Real". Muitos chamam esses "Eus fabricados" de Ego.

 

Ela também é conhecida como Planta Professora, ou Planta Mestra, pois conduz com maestria o processo. Ensinamentos que são desenvolvidos ao longo do trabalho realizado em conjunto com nosso "Eu Real", que muitos chamam de Eu Superior.

 

A Ayahuasca é uma bebida enteógena, ou seja, promove uma viagem para dentro do ser, com a finalidade de nos levar ao “centramento”, ou à “manifestação interior do divino”.

 

Comumente, a Ayahuasca causa visões, que são chamadas de mirações, relacionadas aos chamados sonhos vívidos que temos durante o sono. Mas não se trata de um chá alucinógeno, pois não promove visões desconexas que causem desassociações.

 

Muito já foi dito, e muito ainda há de se falar sobre a Ayahuasca. Não é à toa que ela vem sendo amplamente estudada por pesquisadores da área científica, médica e psiquiátrica, pois já foram detectados indícios de potencial de cura para doença de Alzheimer, câncer, diabetes, depressão pós-traumática, dependência de heroína, entre outras doenças e distúrbios.

 

Os casos que não são indicados para o uso da bebida estão associados à esquizofrenia ou a distúrbios nervosos, pois o DMT pode aumentar ou potencializar um surto. Há restrições quando ao uso simultâneo da Ayahuasca com outros medicamentos, como Prozac e demais inibidores de recaptação de serotonina, pois a mistura pode causar efeitos negativos. Sugerimos pesquisa a respeito desses medicamentos antes de consumir a bebida, assim como consulta médica.

 

Afora isso a Ayahuasca não tem contraindicações. Comprovadamente não causa dependência nem danos ao organismo, muito pelo contrário, atua como regulador – por exemplo, se há um quadro de pressão alta, ela colabora para a queda da pressão arterial, ou para a elevação da pressão, se o quadro for de pressão baixa.

 

Relatos também constatam a eficácia da Ayahuasca no sentido de ressignificar o passado, ajudando no tratamento de eventos traumáticos, fobias e comportamentos compulsivos ou inadequados, entre outros benefícios.

 

Pesquisas feitas com pacientes que utilizaram Ayahuasca relatam que cerca de 80% dos participantes apontaram a experiência com a Ayahuasca como uma das três experiências mais significativas de suas vidas.

 

O chá promove a expansão do autoconhecimento, conduz a uma ligação mais íntima com a natureza e com o Todo, assim como possibilita uma vasta gama de experiências espirituais e existenciais relevantes. Destaca-se a abertura dos chacras, a manifestação de dons criativos, sentimentos que remetem a uma maior capacidade de realização, no âmbito familiar e profissional, além de uma nova compreensão geral da vida.

Trechos de alguns depoimentos na Área de Membros. Participe.

contribuicao6.jpg